Produções dos pesquisadores do LaHorTA

RESUMO

A coleta de Cladosporium sp. por abelhas (Apis mellifera L.) foi observada no Brasil em um apiário localizado em Minas Gerais, no período de 10 a 23/11/05, caracterizado pela alta umidade relativa do ar e escassez de recurso alimentar (pólen e néctar). A composição nutricional das bolotas de fungos apresentou alto valor protéico, extrato etéreo e matéria orgânica.

Palavras-chave: Apis mellifera, Cladosporium sp., pólen, composição nutricional

Para acessar o trabalho completo, visite:http://dx.doi.org/10.1590/S1519-566X2009000300022

MODRO, Anna F H et al . Saprophytic fungus collection by africanized bees in Brazil. Neotrop. entomol.,  Londrina ,  v. 38, n. 3, June  2009 .

RESUMO

Este estudo objetivou identificar a origem botânica das cargas de pólen coletadas por abelhas africanizadas. Em Piracicaba (SP), foram instaladas, durante as quatro estações do ano, cinco colmeias de A. mellifera com um coletor de pólen frontal em cada uma. A preparação palinológica foi pelo uso de acetólise, sendo identificados e contados aproximadamente 900 grãos de pólen por amostra. A partir da composição polínica, calculou-se a riqueza, os índices de diversidade e equitabilidade. Ao longo do ano, foram encontrados 81 tipos polínicos, pertencentes a 32 famílias botânicas sendo Fabaceae, Asteraceae e Malvaceae, as famílias com maior frequência de tipos polínicos (5 tipos polínicos), e Myrtaceae, a família com dois tipos polínicos (Eucalyptus sp. e Myrcia sp.) entre os nove mais frequentes nas amostras (>10%). A maior riqueza de tipos polínicos foi no verão e a maior diversidade e equitabilidade, na primavera. Fabaceae, Asteraceae, Malvaceae e Myrtaceae são as famílias botânicas mais importantes como fontes poliníferas em Piracicaba - SP.

Palavras-chave: Apis mellifera, composição polínica, tipo polínico, flora apícola.

Para acessar o trabalho completo, visite: http://dx.doi.org/10.1590/S0103-84782011005000137

MODRO, Anna Frida Hatsue; MARCHINI, Luís Carlos; MORETI, Augusta Carolina de Camargo Carmello. Botanic origin of pollen beehives’ loads from Africanized honeybees in Piracicaba, SP, Brazil. Cienc. Rural,  Santa Maria ,  v. 41, n. 11, nov.  2011

RESUMO

Procurou-se conhecer a flora de importância polinífera para Apis mellifera (L.) na região de Viçosa, MG, em período de entressafra de mel, entre agosto e dezembro de 2005. O experimento foi realizado em dois apiários distintos, cada um com cinco colmeias. As cargas retidas nos coletores de pólen instalados nas colmeias foram analisadas quanto à origem botânica. As plantas em floração no entorno dos apiários foram coletadas e identificadas. A maioria das plantas de importância polinífera para abelhas na região de Viçosa era nativa, localizada em jardins e com hábito arbóreo. Pela análise palinológica, verificou-se que espécies como Anadenanthera colubrina, Arecaceae sp., Baccharis dracunculifolia, B. melastomaefolia, Coffea spp., Emilia sagittata, Eugenia uniflora, Mikania cordifolia, M. hirsutissima, Myrcia fallax, Psidium guajava, Vernonia condensata, V. diffusa, V. lanuginosa e V. mariana são potenciais recursos poliníferos a serem utilizados no período de entressafra do mel. Os resultados indicaram a importância de plantas localizadas em áreas abertas para o forrageamento de pólen por A. mellifera e confirmaram o potencial polinífero da região estudada, durante o período de entressafra do mel.

Palavras-chave: Abelha; Recurso proteico e Pólen apícola.

Para acessar o trabalho completo, visite http://dx.doi.org/10.1590/S0100-67622011000600020

MODRO, Anna Frida Hatsue et al . Flora de importância polinífera para Apis mellifera (L.) na região de Viçosa, MG. Rev. Árvore,  Viçosa ,  v. 35, n. 5, out.  2011 .