RESUMO

O florescimento e a produção de tangerinas são influenciados pela safra anterior. Assim, a inibição do florescimento excessivo pode evitar uma frutificação elevada e a exaustão das reservas da planta, contribuindo para uma produção mais uniforme ao longo dos anos. O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito da aplicação de giberelina na redução do florescimento em tangerinas 'Poncã' e na produção de frutos em duas safras consecutivas. Os resultados demonstram que a aplicação de ácido giberélico reduziu a emissão de flores e aumentou a porcentagem de pegamento de frutos em relação ao ano de florescimento excessivo. A aplicação de giberelinas cerca de 90-150 dias antes do pleno florescimento pode contribuir para redução do efeito da alternância de produção.

Palavras-chave: Citrus reticulata, alternância de produção, pegamento de frutos, giberelinas, reguladores de crescimento.

Para acessar o trabalho completo, visite: http://dx.doi.org/10.1590/S0103-84782010005000025

Maia, Emanuel ; Siqueira, Dalmo Lopes de ; Cecon, Paulo Roberto . Produção, florescimento e frutificação de tangerineira 'Poncã' submetida à aplicação de ácido giberélico. Ciência Rural (UFSM. Impresso), v. 40, p. 507-512, 2010.