Programação das atividades do 2° encontro

Clique aqui para baixar a programação

As atividades seguirão a seguinte ordem: a cada encontro, seja no período da manhã ou tarde, teremos uma questão problematizadora referente aos textos programados para o período. Posteriormente a questão, será realizada a apresentação de textos por parte dos acadêmicos (formato de seminário, com tempo de 25-35 minutos). Após as apresentações teremos momentos para discussão conjunta, no formato de círculo de cultura.

A avaliação é realizada pela participação (e em seus componentes, a saber: assiduidade, pontualidade, envolvimento e dialogicidade), argumentação fundamentada nos textos indicados e em suas referências, qualidade da apresentação. Outras atividades avaliativas extras podem ser solicitadas pelo docente da disciplina a qualquer momento.

Cronograma de Assuntos: 2° encontro

Período

Dia da semana

Segunda-feira (29-10)

Terça-feira (30-10)

Manhã

Tema: A

Tema: C

Tarde

Tema: B

Tema: D

 

Lembrando que todos os alunos devem ler todos os textos. Antes de cada texto há indicação de quem irá apresentá-lo.

TEMA A: Ambiente e o pensar socioambiental

Regiane Mônica dos Reis

Justiça espacial e justiça socioambiental: uma primeira aproximação por Wagner Costa Ribeiro

Juliana Aparecida Parcio

Histórico ambiental: desastres ambientais e o despertar de um novo pensamento por Crisla Maciel Pott e Carina Costa Estrela

Gabriel Araújo Paes Freire

Por que não avança a avaliação ambiental estratégica no Brasil? por Luis Enrique Sánchez

TEMA B: Conflitos socioambientais e o desafio das questões socioambientais

Maria Antonia Fernandes N. de Oliveira Benati

Conflitos e parcerias em torno de projetos socioambientais por João Márcio Mendes Pereira

Alana Mara Kolln

Territórios em tensão: o mapeamento dos conflitos socioambientais do estado de Mato Grosso – Brasil por Michelle Jaber da Silva e Michèle Tomoko Sato

Johnnescley Anes de Morais

Desafio para a gestão ambiental integrada em território de fronteira agrícola no oeste do Pará por Cristina Velásquez, André Villas Boas e Stephen Schwartzman

TEMA C: Ciência e Ciências

Ezequiel Ferreira Barbosa

Meio ambiente e desenvolvimento: construindo um novo campo do saber a partir da perspectiva interdisciplinar por Claude Raynaut

Douglas Revesse da Silva

A dádiva como princípio organizador da ciência por Marcos Barbosa de Oliveira

Cleicione Barbosa Souza

A tecnologia social como alternativa para a reorientação da economia por Sylvia Gemignani Garcia

TEMA D: Ferramentas e considerações sobre a pesquisa socioambiental

Nicholas Brito Alonso

A etnoecologia: uma ciência pós-normal que estuda as sabedorias tradicionais por Victor Manuel Toledo e Narciso Barrera-Bassols

Nauama Dias Suruí

Aprendizagem colaborativa, transdisciplinaridade e gestão socioambiental na Amazônia: abordagens para a construção de conhecimento entre academia e sociedade por Simone Athayde, Wendy-Lin Bartels, Robert Buschbacher, Rosane Duarte Rosa

Layssa Carla Rodrigues

Ética e justiça nas pesquisas sediadas em comunidades: o caso de uma pesquisa ecossistêmica na Amazônia por Nicolas Lechopier

 

Programação das atividades do 1° encontro

As atividades seguirão a seguinte ordem: a cada encontro, seja no período da manhã ou tarde, teremos uma questão problematizadora referente aos textos programados para o período. Posteriormente a questão, será realizada a apresentação de textos por parte dos acadêmicos (formato de seminário, com tempo de 40-45 minutos). Após as apresentações teremos momentos para discussão conjunta, no formato de círculo de cultura.

A avaliação é realizada pela participação (e em seus componentes, a saber: assiduidade, pontualidade, envolvimento e dialogicidade), argumentação fundamentada nos textos indicados e em suas referências, qualidade da apresentação. Outras atividades avaliativas extras podem ser solicitadas pelo docente da disciplina a qualquer momento.

Cronograma de Assuntos: 1° encontro

Período

Dia da semana

Quarta-feira

Quinta-feira

Sexta-feira

Manhã (8-12)

Tema: A

Tema: C

Tema: E

Tarde (14-18)

Tema: B

Tema: D

 

Os alunos devem ler todos os textos. Antes de cada texto há indicação de quem irá apresentá-lo.

TEMA A: Fundamentos teóricos das Ciências Ambientais, inter e transdisciplinaridade na produção de conhecimento e a ciência contemporânea

Alana Mara Kolln

Desenvolvimento sustentável, interdisciplinaridade e Ciências Ambientais por Arlindo Phillip Jr e colaboradores

Nauama Dias Suruí

Considerações sobre a Interdisciplinaridade por José de Ávila Coimbra

TEMA B: A Crescimento, desenvolvimento e a relação com a natureza

Regiane Mônica dos Reis

Da agrariedade á ruralidade: Novos enfoques á economia territorial por Elena Pisani e Giorgio Franceschetti

Douglas Revesse da Silva

Amazônia brasileira e Patagônia argentina: planos de desenvolvimento e soberania nacional por Gonzalo Pérez Álvares

TEMA C: Sociedade e meio ambiente: históricos, conceitos e caminhos

Johnnescley Anes de Morais

Economia Ecológica e Sustentabilidade Socioambiental por Gilberto Montibeller Filho, Gláucia Cardoso de Souza e Kelly Daiane Savariz Bôlla

Maria Antonia Fernandes N. de Oliveira Benati

Amazônia socioambiental. Sustentabilidade ecológica e diversidade social por Deborah Lima e Jorge Pozzobon

Ezequiel Ferreira Barbosa

Metodologia da pesquisa-ação na área de gestão de problemas ambientais por Michael Tiollent e Generosa de Oliveira Silva

TEMA D: Agricultura familiar: multifuncionalidade – a questão além da produção

Layssa Carla Rodrigues

Multifuncionalidade da agricultura familiar por Maria José Carneiro e Renato S. Maluf

Juliana Aparecida Parcio

Teoria social, agricultura familiar e pluriatividade por Sérgio Schneider

TEMA E: Populações tradicionais: movimentos, territórios e governança

Nicholas Brito Alonso

A emergência dos “remanescentes”: notas para o diálogo entre indígenas e quilombolas por José Mauricio Andion Arruti

Gabriel Araújo Paes Freire

Conhecimento de populações tradicionais como possibilidade de conservação da natureza: uma reflexão sobre a perspectiva da etnoconservação por Bárbara Elisa Pereira e Antonio Carlos Diegues

Cleicione Barbosa Souza

A construção social de políticas públicas. Chico Mendes e o movimento dos seringueiros por Mary Allegretti